Investimentos

5 CLASSES DE ATIVOS PARA INVESTIR COMO UM PRO – AÇÕES 

Entenda um pouco melhor sobre ações e como devemos pensar essa classe de ativos!

2 – AÇÕES

Você já quis ser empresário? Você seria sócio da empresa em que trabalha? Isso é bem mais fácil do que você pensa. Se você admira alguma empresa ou acredita que ser dono dela seria um bom negócio, você pode comprar ações. Cada ação literalmente representa uma pequena fatia da empresa e a bolsa de valores veio pra facilitar a negociação destes contratos de sociedade.

Eu, inclusive, gosto de chamar o acionista de “empresário” ou investidor mesmo. Quando você compra uma ação, você está investindo naquela empresa. Uma ação de qualquer empresa da bolsa de valores, lhe dará direito até de participar da reunião de acionistas da empresa. Claro, você não vai poder chegar na empresa e fazer o que bem entende porque é o dono, não. Não é assim que funciona uma empresa. Você não tem um cargo de gestão, nem é dono dos pertences daquela empresa. Você é um sócio investidor, existem regras, direitos específicos e deveres em uma empresa de sociedade anônima.

Você tem sim o direito sobre os lucros da empresa de acordo com o tamanha de ações que você comprou.

O dr. Luiz Barsi, economista e megainvestidor bilionário da Bolsa (o Warren Buffet brasileiro), defende muito o poder de valorização das ações, ele construiu sua fortuna na Bolsa de Valores comprando constantemente ações de boas empresas. O Brasil cresceu, essas empresas também e a fortuna dele se multiplicou.

Muitas pessoas hoje trilham o mesmo caminho do sr. Luiz Barsi e vêm percebendo as vantagens de se ter ações.

Ações não são o bicho papão. O problema é que não aprendemos sobre elas o suficiente e não sabemos lidar com as oscilações de preço que elas possuem (justamente porque não aprendemos sobre elas).

Se você quer ter investimentos de longo prazo, não se atente muito a isso. O mercado de ações é ditado pela oferta e demanda diária, segundo a segundo, é normal que ocorram flutuações de preços. Inclusive, essas flutuações frequentemente geram oportunidades nos preços das ações de algumas empresas.

Imagine que você tenha um apartamento avaliado em 500 mil reais. Seu vizinho, desesperado por dinheiro coloca o dele a venda e aceita uma proposta de 300 mil reais, pelo mesmo apartamento, igual ao seu.

Você teve prejuízo de 200 mil reais?

Obviamente que não, mas é assim que a maioria das pessoas se sente na bolsa justamente porque não entende que aquilo é um ativo cujo preço é dado pela oferta e demanda de momento.

Quando compramos uma ação para o longo prazo, para compor seu patrimônio, devemos pensar sempre nos fundamentos da empresa. A análise de fundamentos é uma área de estudo das finanças que foca na saúde e nas perspectivas reais da empresa: fluxo de caixa, contratos, geração de emprego, dívidas, vendas, lucro, prejuízo, etc.

Da mesma forma que você, quando analisa um apartamento, pesquisando sua localização, posição solar, infraestrutura do prédio, metragem, vagas na garagem, e por aí vai.

É realmente muito parecido!

Utilize dados reais, palpáveis, para comprar uma ação. Eu repito, uma ação é um pedaço do patrimônio da empresa, não é só um número na bolsa de valores.

A NÃO SER QUE VOCÊ SEJA UM ESPECULADOR (ai é outra história).

Se você quer aprender mais sobre tudo isso, possuímos uma plataforma própria criada com o profissionalismo de uma das melhores empresas de educação financeira, a Blocos Educação Financeira.

Acesse nossa plataforma de educação financeira O TOPO FINANCE!

www.otopo.finance

Autor
Red News Logo

Abra sua conta

Comece a formar seu patrimônio hoje mesmo com a assessoria da Red Ridge Investimentos e através de uma das maiores plataformas de investimentos do Brasil, a Genial Investimentos - corretora do banco Plural

Invista!
Red Ridge Logo