Trading

Petróleo cai conforme variante delta e impasse na Opep assombram o mercado

Temores quanto à propagação da variante delta do coronavírus e o contínuo impasse entre Arábia Saudita e EAU na Opep trazem queda para o barril de petróleo

  • Por:
    Anderson Mozzi
  • Publicado:
    13/7/2021 9:23
  • Atualizado em:
    13/7/2021 9:23

Os preços do petróleo caíram segunda-feira, com temores quanto à propagação da variante delta do coronavírus e o contínuo impasse entre Arábia Saudita e EAU na Opep mantendo os compradores à distância no começo de uma nova semana.

O petróleo WTI, negociado em Nova York, fechou em baixa de US$ 0,46, ou 0,6%, a US$ 74,10 por barril. O WTI também recuou 0,6% na semana passada.

O Brent, cotado em Londres e referência mundial de preço, recuou US$ 0,39, ou 0,5%, fechando a US$ 75,16. O Brent recuou 0,8% na semana passada.

Os Estados Unidos registaram o maior número de casos de Covid durante o fim de semana desde maio, à medida que a variante delta do vírus, altamente transmissível, tornou-se mais predominante.

A propagação das variantes do coronavírus e o acesso desigual às vacinas ameaçam a recuperação econômica global, alertaram os chefes de finanças das economias do G-20 no sábado. Embora o Sudeste Asiático e a Austrália tenham sido em grande parte o foco de novas variantes, as capitais Ocidentais também não foram poupadas.

Apesar das crescentes preocupações quanto à variante delta, o rali no petróleo foi protegido por dados de estoques bullish nos EUA, que exibiram sete semanas seguidas de queda, totalizando mais de 40 milhões de barris.

O relatório semanal de quarta-feira da Energy Information Administration pode demonstrar outro considerável {{acl-75||consumo}} de petróleo bruto e números complementares da gasolina, que podem manter o WTI e o Brent estacionados na casa dos US$ 75.

Mesmo assim, alguns afirmam que o pico na demanda por combustíveis para motores já foi atingido.

"Depois de um mês de maio intenso e de um grande mês de junho, começo a ter a sensação de que vamos ver a demanda por gasolina relaxar um pouco mais, acho que vimos o nosso pico (4 de julho), e é improvável que o ultrapassemos", tuitou Patrick de Haan, analista da GasBuddy.

Os medos de transtornos dentro da Opep — após ela não ter conseguido chegar a acordo na semana passada sobre novos níveis de produção para agosto, resultando num embate entre os outrora aliados Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos — também estão corroendo a disposição otimista do mercado.

"Parece que os EAU e a Arábia Saudita ainda lutam para chegar a um acordo,” afirmaram os analistas do ING em um relatório. “Portanto, é provável que os preços permaneçam voláteis até que tenhamos alguma clareza em torno desta questão".

Os últimos dados semanais da Commodity Futures Trading Commission sobre os posicionamentos dos investidores mostraram que os especuladores reduziram suas posições líquidas de compra em Brent em 4.796 lotes, enquanto o WTI viu consideravelmente mais liquidações em mais de 33.000 lotes.

"A maior parte desta redução foi impulsionada pela liquidação de longs, em vez de novos shorts”, disse o ING. “Parece que, dada a incerteza sobre a Opep+, os especuladores decidiram remover um pouco de risco da mesa".

investing e Red Ridge Research
Red News Logo

Abra sua conta

Comece a formar seu patrimônio hoje mesmo com a assessoria da Red Ridge Investimentos e através de uma das maiores plataformas de investimentos do Brasil, a Genial Investimentos - corretora do banco Plural

Invista!
Red Ridge Logo